Um tema que costuma gerar curiosidade em muitas pessoas é em relação a qual o país que oferece o maior salário mínimo do mundo. De acordo com um levantamento recente feito pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OECD), divulgado pela CNN, a resposta para essa pergunta é a Austrália. Mas… Não é bem assim! Vou te explicar o porquê disso neste post! 

O levantamento da OECD e as novidades de novembro de 2020. 

O levantamento da OECD, que foi realizado a partir de uma base de dados atualizados com valores de 2019, destacou que o maior salário mínimo do mundo é o da Austrália, que consiste em 620 dólares australianos por semana. Ao longo de 2020 o salário mínimo australiano foi revisto e elevou-se para um valor equivalente a cerca de USD $ 2199,20.

Não chega a ser nenhuma novidade para quem mora aqui na Austrália que o poder de compra no país é bem elevado, mas essa informação pode surpreender as pessoas que imaginavam que o maior salário mínimo do mundo fosse em algum país europeu ou nos Estados Unidos, por exemplo.

vista aérea de sydney austrália
Vista aérea de Sydney, Austrália

A cidade de Genebra, Suíça

A verdade é que, desde 1 de novembro de 2020, o maior salário mínimo do mundo não é mais o da Austrália. Nesta data foi instituído o novo salário mínimo da cidade de Genebra, na Suíça. O salário mínimo em Genebra atualmente é de 23 francos suíços por hora trabalhada ou pouco mais de 4 mil por mês em uma jornada de 41 horas trabalhadas. Isso equivale a cerca de USD $4392,10 na cotação atual do dólar americano ou R$ 23.325,17.

O motivo para tal mudança foi a decisão da população em aumentar o salário em uma das cidades mais caras do mundo. Portanto, o salário mínimo de Genebra é referente apenas àquele local e não ao país da Suíça, como um todo. A Suíça, na verdade, não possui nenhum salário mínimo adotado a nível nacional. 

Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto

O valor de mais de 23 mil reais parece exorbitante, mas a cidade de Genebra possui um custo de vida tão alto que apenas um café expresso pode custar por volta de R$ 30. A população encarou como necessário o aumento do salário mínimo local para que ele se equipare com o custo de vida. 

Ele é tão importante que consegue colocar uma família de dois adultos e duas crianças que ganha um salário mínimo acima da linha da pobreza local, que é estimada pelo Bundesamt für Statistik (Instituto de Estatísticas da Suíça) em aproximadamente 3.968 francos suíços por mês. 

O salário mínimo da Austrália 

A nível nacional, a Austrália ainda continua com o título de possuir o mais alto dos salários mínimos do mundo. Seguida logo por Luxemburgo, na Europa. 

Essa é uma das razões pelas quais o nível de qualidade de vida na Austrália é tão elogiado. Mesmo aqueles que ganham um salário mínimo no país conseguem arcar com os custos de vida básicos nas principais cidades da Austrália, e ter uma certa estabilidade, sem passar por apertos.

Isso tudo é fruto da estrutura política da Austrália, que há décadas investe em medidas de redução da desigualdade social, o que começa a partir de um salário mínimo justo e adequado. E o melhor é que, além de ter uma alta média salarial, ainda existem várias profissões que estão com uma alta demanda por todo o país, atraindo profissionais de várias partes do mundo.

Lista com os dez maiores salários do mundo (em dólares)

Confira a seguir que outros países além da Austrália oferecem o maior salário mínimo do mundo.

1. Austrália – US$ 2199,20*

Por hora de trabalho, a remuneração mínima bruta na Austrália é de aproximadamente US$ 14,47. Após a dedução de taxas e impostos obrigatórios, que representam cerca de 8% desse total, os ganhos mínimos por hora ficam em US$ 13,32 (valores atualizados de acordo com o salário mínimo vigente a partir de julho/2020. 1 USD = AUD 1,37).

2. Luxemburgo – US$ 1.728

Segundo país com o maior salário mínimo do mundo, em Luxemburgo o valor mínimo para cada hora de trabalho é de US$ 10,85, mas como os impostos são mais altos que na Austrália, cerca de 14%, o total por hora acaba sendo reduzido a US$ 9,24.

3. Holanda – US$ 1.634

Na Holanda, o valor bruto por hora é de US$ 10,17, mas a partir desse total, ainda são feitas deduções de taxas e impostos que variam de acordo com a região do país. Na média, o salário mínimo mensal alcança cerca de US$ 1.634.

4. Bélgica – US$ 1.534

Na Bélgica, quarto maior salário mínimo do mundo, a remuneração mínima por hora é de aproximadamente US$ 10,55, mas com os impostos de 18,7%, esse valor caí para cerca de US$ 8,57.

5. França – US$ 1.454

Os franceses ganham um salário mínimo por hora de US$ 10,6, mas o total de impostos que somam 22,2% desse valor faz com que o mesmo seja reduzido US$ 8,24 na prática, o bastante para deixar a França na quinta colocação.

6. Reino Unido – US$ 1.411

No Reino Unido, sexto maior salário mínimo do mundo, o valor mínimo por hora depende da faixa etária do trabalhador, sendo a mesma mais reduzida para aqueles que possuem 24 anos ou menos. Na média entre todas as idades, o salário mínimo mensal é de cerca de US$ 1.411.

7. Estados Unidos – US$ 1.380

Nos Estados Unidos, existe um forte movimento defendendo que o trabalhador recebe pouco no salário mínimo por cada hora de trabalho, cerca de US$ 7. O objetivo desse movimento é que este valor seja elevado a cerca de US$ 15 no futuro, o que elevaria a posição do país na lista.

8. Malta – US$ 982

Na pequena ilha de Malta, o salário mínimo mensal não alcança o patamar de US$ 1.000, mas ainda assim está entre os melhores do mundo, com a vantagem de ter uma carga de impostos reduzida.

9. Japão –  US$ 944

Primeiro país asiático da lista, o salário mínimo mensal do Japão aparece somente em nono lugar devido a desvalorização da moeda japonesa perante o dólar, mas no quesito poder de compra, os japoneses conseguem consumir consideravelmente com o total de US$ 944 do seu salário mínimo.

10. Coréia do Sul – US$ 797

O décimo maior salário mínimo do mundo está a Coreia do Sul, local cujo salário aumentou de forma exponencial a partir dos anos 80, o bastante para colocar o país no ranking.

Lista com os dez menores salários do mundo (em dólares)

Em contrapartida, conheça os países com o menor salário mínimo do mundo, com informações atualizadas de 2019.

RankingPaísSalário mensal(em US$)
BurundiUS$ 7
Serra LeoaUS$ 11
GanaUS$ 57
BangladeshUS$ 58
BulgáriaUS$ 74
VietnãUS$ 84
AfeganistãoUS$ 89
MéxicoUS$ 117
LituâniaUS$ 146
10°ChinaUS$ 173

O Brasil no ranking

O salário mínimo brasileiro se encontra em uma posição intermediária, bem abaixo do maior salário mínimo do mundo, mas também acima dos países que oferecem os menores salários. Segundo esse levantamento, o Brasil paga cerca de US$ 305, ou seja, oito vezes menos do que a Austrália, líder do ranking.

O salário mínimo existe no mundo inteiro?

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), responsável por monitorar a situação dos trabalhadores em quase 200 países, atualmente 90% dos Estados reconhecidos pela ONU possuem alguma lei determinando a implantação de um salário mínimo.

Nesses países, o valor do salário mínimo é estabelecido pelo governo. Porém, existem ainda alguns países onde o salário mínimo é negociado diretamente entre os trabalhadores e seus empregadores, sob a fiscalização dos sindicatos. Esse é basicamente o modelo adotado em locais como Itália, Alemanha e Índia.

Receba grátis orçamentos de intercâmbio na Austrália
Receba grátis orçamentos de intercâmbio na Austrália
Receba grátis orçamentos de intercâmbio na Austrália
Receba grátis orçamentos de intercâmbio na Austrália