Neste post falaremos sobre uma das maiores e melhores cidades da Austrália, Melbourne. Localizada no estado de Victoria, ela foi elegida pela sétima vez a melhor cidades do MUNDO para se viver. Melbourne é um dos destinos mais procurados por Brasileiros tanto para estudar quanto para turistar.

Melbourne City

Melbourne anualmente recebe uma pontuação perfeita para saúde, educação, infra-estrutura, baixa taxa de criminalidade nos índices de qualidade das cidades mundo afora. Melbourne com certeza está na lista de muitos Brasileiros que desejam fazer o seu tão sonhado intercâmbio na Austrália.

Como já estamos na Austrália há um tempo, resolvemos então conhecer a cidade fria da Austrália. O apelido? Sim, Melbourne é conhecida como umas das cidades da Austrália mais frias. São basicamente 9 meses de frio e 3 de calor (Isso na teoria, porque em dezembro, uma das épocas mais quentes do ano, nós pegamos 13 graus!)

Como ficamos hospedados na Bourke Street, umas das principais ruas da região central de Melbourne, ficou muito fácil de se locomover e ir para todos os cantos usando os trams, um dos transportes públicos mais populares de Melbourne, que por sinal é de graça somente na região do CBD (Central Business District)

Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto

Day 1 – Federation Square, Bar & Restaurants

Como voamos bem cedinho de Gold Coast, chegamos em Melbourne ainda de manhã e assim conseguimos curtir o dia todo. Neste dia conhecemos a Federation Square, conhecida pelas atrações culturais, eventos de todos os tipo, turismo, uma variedade excepcional de restaurantes, bares e cafés. Federation Square é o ponto de encontro! Uma das regiões mais famosas e de referência para todas as cidades da Austrália.

Federation Square

Neste dia também aproveitamos para andar e sentir Melbourne. Passamos por vários cafés, almoçamos em um restaurante Vegano muito bom, andamos de tram, e passamos pela Igreja St Francis, a Igreja católica mais antiga do estado de Victoria, que a propósito é muito bonita 🙂

Igreja St Francis

Passamos pelas famosas Laneways de Melbourne, que são as “street arts” ou artes de rua com grafites em prédios antigos.

Laneway

Depois de termos andado algumas horas pelas regiões centrais de Melbourne, pudemos perceber o movimento de pessoas e carros, que comparado com Gold Coast é bem maior. A miscigenação de Melbourne é algo indescritível, muita gente de todos os cantos do mundo.

Há também muito mais opções de Restaurantes, e de várias nacionalidades. Muitos restaurantes Veganos e Vegetarianos também. O preço? Em geral muito parecido ou até mais barato comparando-se com Gold Coast. Em Melbourne dá para almoçar comida japonesa por AU$10 e também dá para gastar uns AU$50 fácil em restaurantes gourmet, tudo vai depender do seu bolso e gosto, o mais legal é que temos ambas as opções 🙂

Day 2 – Royal Botanic, National Gallery & St Kilda

No segunda dia acordamos bem cedinho e tomamos café em uma das centenas cafeterias espalhadas por Melbourne, e gente? Que café da manhã! Tomamos aquele café da manhã que valeu por um almoço por apenas AU$25 (casal).

Café

Neste segundo dia decidimos explorar Melbourne o máximo possível. Como passamos novamente pela Federation Square e vimos que vários tours estavam saindo dali, resolvemos então pagar um passeio pela cidade, o City Sightseeing Tour.

Valeu muito à pena pagar por passeio (AU$25/ pessoa) porque nós conhecemos os principais spots de Melbourne. O ônibus passa por vários pontos da cidade e eles param e você pode descer, visitar, conhecer o lugar desejado e com o mesmo ticket você pode pegar o próximo ônibus e descer novamente no próximo ponto que desejar. Eles também te fornecem o mapa com a rota e horários, foi bem legal porque nessa brincadeira, ficamos o dia inteiro andando 🙂

O ticket é válido por 24 horas, sendo assim é possível ver muita coisa. O primeiro ponto que descemos, foi no Shrine of Remembrance, que é um projeto de arquitetura Memorial para homenagear homens e mulheres que serviram a Primeira Guerra Mundial.

Shrine of Remembrance

Em seguida passamos pela praia de St Kilda, que é a praia mais famosa de Melbourne. Passamos também pelo Royal Botanic Gardens que com certeza vale à pena conhecer e também pelo Albert Park, que é o local que acontece umas das etapas do circuito mundial da Fórmula 1.

Albert Park

Passamos também pelo National Art Gallery of Victoria, que é o museu de arte mais antigo, maior e mais visitado de todas as cidades da Austrália. A arte de Melbourne com certeza é algo que se destaca e acaba chamando a atenção de todos os turistas.

National Art Gallery

Day 3 – Praia dos 12 Apóstolos

No nosso terceiro dia, resolvemos fazer o passeio de 1 dia para a praia dos 12 apóstolos. Localizada há 275 quilômetros à oeste de Melbourne, aproximadamente há quatro horas de carro pela Great Ocean Road, a praia dos 12 apóstolos é um dos passeios mais populares de Melbourne.

O tour é bem longo, saímos as 7 da manhã e chegamos às 8 da noite. Pagamos em torno de AU$130 com lanche da manhã e almoço incluso.

Deu se o nome à praia dos 12 apóstolos justamente porque as pedras foram formadas à partir da erosão natural do solo e outros elementos da superfície da Terra há milhões de anos atrás.

12 Apostles Beach

As pedras ficam lado a lado dentro do mar, na beira da areia e à vista dos turistas que passeiam pela costa. Apesar de esperarmos que haja 12 pedras na praia (1 pedra representaria 1 apóstolo) não há 12 pedras e sim 8.

Réveillon em Docklands

Em Melbourne há varias opções para celebrar o réveillon. Assim como acontece em Gold Coast, há alguns pontos na cidade onde acontecem os fogos. Um dos lugares mais famosos em Melbourne para se ver os fogos é na Federation Square, Praia de St Kilda, Yarra Parque ou no Docklands Parque.

Sendo assim, a maioria das pessoas vão para estes locais para assistirem os fogos ou reservam restaurantes, pubs ou até vão para festas que acontecem nas Night Clubs com visão para os fogos.

O que também acontece, é a reserva da noite de réveillon em barcos que oferecem buffet, bebidas a noite toda, assim como acontece em Gold Coast. O custo varia de AU$180 – AU$300 por pessoa. Aliás, este é um costume de muitas cidades da Austrália e em Melbourne não seria diferente.

Em Docklands, o local que escolhemos para ver os fogos, o New’s Year Evening foi bem animado, com direito a muita música e food truck 🙂

Docklands

Conclusão Sobre Uma das Melhores Cidades da Austrália: Melbourne

Em geral, gostamos muito de Melbourne. Arte, cultura e comida boa!Basicamente foi isso que trouxemos de Melbourne.

A paixão por Gold Coast ainda é maior simplesmente por estarmos tão perto da praia e da natureza. É isso que buscamos quando saímos de São Paulo, do Brasil.

Como diz o velho ditado, têm gosto para tudo nessa vida e foi uma experiência incrível conhecer Melbourne. Para aqueles que gostam de cidade grande, um pouco mais movimentada, Melbourne é o lugar perfeito e não é à toa que foi sim considerada várias vezes a melhor cidade do mundo para se viver.

Um grande abraço para os Brasileiros que estão em Melbourne o/ e boa sorte para aqueles que estão vindo viver essa nova jornada!

Acompanhe as nossas atualizações pelo Facebook:
https://www.facebook.com/rotadocanguru

Veja também nossas dicas pelo canal do Youtube:
https://www.youtube.com/RotadoCanguru

Contate-nos se precisar de maiores detalhes, sugestões ou até mesmo outras dicas sobre este post ou sobre a Austrália. Deixe seu comentário abaixo que ficaremos felizes em ajudar.