Muitos brasileiros têm o sonho de trabalhar na Austrália, especialmente por buscar melhores qualidade de vida, uma experiência internacional no currículo e, também, com o intuito de melhorar o idioma e obter melhores salários. Por isso hoje nós vamos falar tudo o que você precisa saber sobre como trabalhar na Austrália!

Aspectos gerais do mercado de trabalho australiano

Antes de tudo, ao procurar saber como trabalhar na Austrália é importante entender um pouco sobre o mercado de trabalho e a economia do país. A boa notícia é que a Austrália tem baixas taxas de desemprego: em fevereiro de 2020 (portanto, logo antes da pandemia do COVID-19), a média nacional ficou abaixo de 5% segundo o governo australiano. Abaixo, você pode ver um gráfico detalhado das taxas de desemprego em cada estado da Austrália.

infográfico de taxas de desemprego na austrália em fevereiro de 2020
Gráfico elaborado a partir de dados disponíveis no site do Governo Australiano

Além disso, o país também apresenta uma grande disponibilidade de vagas e, em muitas áreas, é carente de mão de obra especializada. Isso pode ser comprovado, especialmente, pelos programas governamentais que incentivam a migração de estrangeiros que procuram emprego na Austrália.

Assim, por meio dos programas como o Skilled Occupation List os estrangeiros com mão de obra qualificada e que se encaixam nas ocupações listadas nessas listas conseguem um emprego de maneira mais fácil no país. Ao conseguir um emprego por meio desses programas de incentivo governamental, você recebe algum dos tipos de visto de trabalho para permanecer na Austrália. Você pode conferir mais detalhes visitando o site do Department of Home Affairs da Austrália.

Não me encaixo nas listas de Skilled Occupation, mas quero trabalhar na Austrália

Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto

Se você não tem formação necessária ou não se encaixa nos requisitos das vagas divulgadas frequentemente pelo governo, uma boa maneira de se iniciar no mercado de trabalho Australiano é por meio de um intercâmbio, por exemplo.

Estudantes na Austrália que fazem cursos de inglês acima de 14 semanas e carga horária de 20 aulas semanais precisam ter um visto de estudante. Esse visto oferece permissão de trabalhar na Austrália e pode ser uma boa opção para quem não se encaixa nos programas de incentivo à migração do governo.

Assim, por meio de um visto de estudante o intercambista poderá trabalhar durante o período letivo por até 40 horas quinzenais. Durante o período de férias esse valor aumenta para 40 horas semanais.

Em relação às horas que um estudante pode trabalhar na Austrália, é preciso prestar muita atenção, já que todas elas são registradas no Tax File Number – documento equivalente ao CPF e à carteira de trabalho brasileira.

Sem dúvidas, muitas vezes fazer um intercâmbio na Austrália pode ser a porta de entrada para quem quer fazer do país sua residência permanente.

Dicas sobre como trabalhar na Austrália e conseguir um bom emprego

Nada nessa vida – além de chuva – cai do céu! É sempre importante lembrar dessa frase, especialmente quando estamos a procura de um emprego. Com isso em mente, podemos dizer que encontrar um emprego na Austrália não é tão difícil quanto se pensa. Há diversas vagas de emprego para imigrantes na Austrália e o povo costuma ser muito receptivo com pessoas de outras nacionalidades.

Para você conseguir uma boa vaga para trabalhar na Austrália, nós separamos algumas dicas para você ir muito bem nas entrevistas!

Visto para trabalhar na Austrália

Sem dúvidas, esse é o primeiro passo para trabalhar legalmente no país. Nós já falamos um pouquinho dos vistos anteriormente, mas é importante saber que existem inúmeros tipos vistos de trabalho na Austrália. Por isso, é importante ficar bem atento se o visto a ser aplicado se encaixa às suas necessidades.

Se você ainda tiver com alguma dúvida, pode consultar esse outro post, que fala exclusivamente sobre os vistos de trabalho na Austrália.

Ao preferir um visto de estudante, deve-se prestar atenção para escolher uma instituição reconhecida pelo governo australiano, pois, só assim, você poderá trabalhar com o visto de estudante no país. Para escolher uma instituição de qualidade acadêmica e reconhecida pelo governo, é importante contar com a ajuda de uma boa agência de intercâmbio, como a Optima Intercâmbio! Eles têm uma equipe de vendas especializada para te ajudar em todos os detalhes de seu intercâmbio na Austrália.

Fazer um bom currículo

O currículo é, sem dúvidas, a sua vitrine para os recrutadores. É por meio dele que você vai demonstrar sua experiência, habilidades e qualificações. Os recrutadores procuram sempre por currículos muito atraentes e qualquer detalhe é uma vantagem na frente dos concorrentes.

Por isso, ao elaborar seu currículo, faça-o de uma maneira bastante detalhada, procurando adaptá-lo ao modelo de currículo australiano. É válido ressaltar também que na Austrália, muitas vezes, suas experiências e no que você já trabalhou contam mais do que sua formação acadêmica.

Cartas de recomendação também podem ser muito úteis na hora de procurar um trabalho na Austrália. As cartas podem ser anexadas aos currículos e enviadas para as vagas que você se candidatar. Os australianos também valorizam muito essas recomendações.

Faça seu networking

Hoje em dia o networking é uma das ferramentas fundamentais para quem busca boas vagas de trabalho. Por isso, ao chegar na Austrália não deixe de conhecer e conversar com pessoas. Fazer com que elas conheçam você é uma ótima chance de conseguir um trabalho no país.

Nesse momento, é importante entender que o networking funciona com o intuito de criar vínculos profissionais e não como uma ferramenta movida simplesmente por interesse. Por isso, é importante sempre haver uma troca de informações de maneira natural, criando uma conexão profissional de forma espontânea e de qualidade.

Peça por indicações

Chegou a hora de usar a sua rede de contatos que foi construída anteriormente. Assim como as cartas de recomendação, as indicações também são muito úteis na hora de conseguir um emprego na austrália. Por isso é necessário que você coloque em prática seu networking e deixar claro para a sua rede de contatos que você está em busca de uma vaga. É como diz o ditado… “Quem tem boca, vai a Roma”! Ou seria vai à Austrália?

Treine seu inglês

Muitas vagas de emprego na Austrália dependem diretamente do seu nível de inglês. Por isso, quanto melhor você conseguir se virar no idioma, melhores vão ser as vagas disponíveis.

Treine o inglês enquanto estiver no Brasil e aproveite o máximo possível das suas aulas de idioma se você for fazer um intercâmbio na Austrália. Não tenha medo nem fique com vergonha de desenvolver uma conversa em inglês. Essa é uma das maneiras de treinar e desenvolver o idioma.

Trabalhar na Austrália: pesquisa de vagas

Para conseguir uma boa vaga para trabalhar na Austrália, faça uma busca em sites especializados em vagas, em agências de emprego australianas e, também, em redes sociais.

O primeiro passo é estar com seu LinkedIn atualizado e atraente ao recrutador. Hoje em dia, ferramentas como essa rede social são os principais aliados para quem quer conseguir uma boa vaga de emprego, já que inúmeras oportunidades são divulgadas por elas.

Muitos grupos de Facebook também disponibilizam anúncios de vagas e, muitas vezes, você pode entrar em contato diretamente com a empresa.

Há uma grande variedade de sites de vagas para quem procura trabalhar na Austrália. Por isso, você pode recorrer a sites como JobNet, Gumtree, Seek, CareerOne, Indeed e Adzuna e, também, o próprio Google, que elenca algumas vagas de trabalho disponíveis em determinados locais.

Esses sites disponibilizam vários tipos de trabalho e, na sua procura, é importante lembrar que muitas vezes seu nível de inglês vai influenciar diretamente na sua busca por vagas. Apesar disso, é bom saber que todas as vagas estão sujeitas ao salário mínimo, por isso, você não ganhará menos do que o governo australiano propõe.

Durante a entrevista

As entrevistas de emprego são bem parecidas com as que ocorrem no Brasil. A parte mais importante é deixar claro que você está interessado na vaga e tentar transmitir ao máximo suas qualificações e experiências.

Se você quer mais dicas para ir muito bem nas suas entrevistas de emprego na Austrália, leia este post! Ele tem dicas exclusivas para os brasileiros que estão procurando sua primeira vaga de emprego aqui na Austrália.

Mesmo que você tenha apenas um nível básico do idioma, os australianos valorizam muito a força de vontade para aprender e crescer. Por isso, independente do cargo, deixe claro essas características ao recrutador.

Depois de todas essas dicas, não tem como não arrasar na hora de procurar vagas para trabalhar na Austrália, não é mesmo? Aproveite que uma das portas de entrada para o mercado de trabalho australiano é um intercâmbio e entre já em contato com a Optima Intercâmbio! Como já falamos anteriormente, a agência conta com um time de vendas imbatível e que sabe tudo sobre a Austrália! Eles vão te ajudar em cada etapa do seu planejamento de intercâmbio!

E se você já está por aqui e procurou esse post como um auxílio na hora de procurar vagas para trabalhar na Austrália, não deixe de curtir o Rota do Canguru nas redes sociais! A gente espera você no Facebook e Instagram! Ah, boa sorte na sua busca por emprego, temos certeza que vai achar uma ótima vaga!