A experiência de um intercâmbio é muito mais intensa que visitar um novo país a turismo. Saber como funciona um intercâmbio nos mínimos detalhes, é essencial para aproveitar ao máximo essa oportunidade que transforma para sempre sua maneira de ver o mundo e, te proporciona momentos inesquecíveis.Estudantes durante intercâmbio

Passar um tempo (sejam meses ou mesmo anos) longe da família e dos amigos parece, a princípio, assustador. Porém, com uma boa preparação e mente aberta, você certamente viverá uma experiência extraordinária.

Muitas pessoas que decidem imigrar começam com um intercâmbio, já que na maioria das vezes é necessário dar aquele up no idioma para que o processo de adaptação ocorra mais tranquilamente. Outro fator importante é que com um nível de idioma mais aperfeiçoado, você terá maiores chances de aproveitar as oportunidades que surgirem.

Neste artigo, você aprenderá como funciona um intercâmbio, quais são as possibilidades existentes para viver no exterior e o que é necessário fazer para morar fora do Brasil.

Intercâmbio para estudar línguas

Uma das maiores motivações das pessoas que se aventuram em um intercâmbio é a possibilidade de imersão completa para o aprendizado de um novo idioma. Entre os brasileiros que desejam estudar fora do Brasil, é muito comum o intercâmbio em países de língua inglesa, tais como a Austrália, o Canadá, a Irlanda ou o Reino Unido.

Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto
Promoção Rota do Canguru 30% de desconto

Na Austrália, por exemplo, há cursos de inglês desde o iniciante ao avançado, seja geral, voltado para o mundo dos negócios ou preparação para exames de certificação, como IELTS e Toefl. Os chamados ELICOS são cursos intensivos de inglês bastante populares entre aqueles que desejam se preparar para iniciar os estudos em uma universidade australiana.

Graduação - intercâmbio

Como funciona um intercâmbio universitário

Você pode realizar seu sonho de estudar fora em muitas das melhores universidades do mundo, como o MIT ou a University of Sydney. Este intercâmbio pode ser tanto por um período parcial (geralmente um ou dois semestres da universidade) ou integral, em todas as áreas do conhecimento. Além disso, também há muitas bolsas de estudo disponíveis para alunos de mestrado e doutorado, em países como Estados Unidos, Espanha, Austrália e Inglaterra. Uma bolsa integral te isenta dos custos da universidade e é comum que te paguem também um auxílio para moradia e alimentação. As bolsas Endeavour, da Austrália, são uma excelente oportunidade para estudar fora. Para conseguir uma vaga em uma universidade estrangeira, os estudantes devem comprovar conhecimentos de inglês (ou do idioma em que o curso for ministrado), por meio de exames de certificação.

Intercâmbio - Au Pair

Intercâmbio de au pair

Diversos países, como os Estados Unidos e a Holanda, oferecem vistos exclusivos para jovens que desejam trabalhar como au pair, ou seja, cuidar de crianças. Neste caso, em geral as pessoas vivem na casa da família e recebem alimentação, sem gastos adicionais. Ganham também uma ajuda de custo e, em alguns casos, a família paga algum curso de línguas ou profissionalizante para o au pair – mas na maioria dos casos, o estudante já sai do país com um curso adquirido por ele próprio. Na maioria dos países, é necessário que os candidatos tenham entre 18 e 30 anos para participar deste tipo de programa.

Trabalho durante intercâmbio

Intercâmbio profissional

Este intercâmbio proporciona a experiência de trabalhar em um país e cultura diferentes, o que pode ser uma oportunidade única de fazer muitos amigos e ter um grande diferencial no currículo. Nos Estados Unidos, o programa Work and Travel permite que jovens universitários, entre 18 e 28 anos, trabalhem durante as férias. Estes trabalhos podem ser em estações de esqui ou parques de diversão, por exemplo. Para aqueles que desejam uma experiência de voluntariado, a AIESEC oferece muitas oportunidades em todos os continentes. Já aqueles que buscam trabalho na Europa, em especial na área acadêmica, encontrarão muitas oportunidades na página web da Euraxess, uma iniciativa da Comissão Europeia.

É possível estudar e trabalhar em paralelo?

Sim. Na Austrália, a maioria dos vistos de estudante permite que se trabalhe até 40 horas a cada 15 dias. Na Hungria, os estudantes podem trabalhar até 24 horas por semana durante o período de aulas e full time nas férias. Na Irlanda, em especial em Dublin, são muitas as oportunidades de trabalho part time oferecidas a brasileiros que vão até lá estudar inglês, como em restaurantes ou com entregas (delivery). Desta forma, é perfeitamente possível cobrir os gastos do intercâmbio.

Como funciona um intercâmbio - passaporte

Como funciona um intercâmbio: conseguir um visto

Os documentos necessários para a solicitação de um visto de trabalho ou estudos variam de país para país e do tipo de intercâmbio. Para realizar um intercâmbio de estudos na Austrália, é necessário ter os seguintes documentos: passaporte válido, comprovante de matrícula na instituição de ensino, seguro-saúde para estrangeiros, formulário 157-A preenchido, comprovante de renda (para se manter na Austrália durante os estudos) e pagamento da taxa de visto.

Que tipo de moradia devo escolher ao passar um tempo no exterior?

O melhor tipo de moradia depende do perfil do intercambista e do valor que está disposto a investir. Algumas universidades oferecem dormitórios para seus estudantes a preços acessíveis (ou mesmo grátis, para aqueles que contam com bolsa de estudos). Em muitos desses lugares os quartos são compartilhados, o que pode ser uma boa oportunidade para fazer amigos e praticar novas línguas, mas compromete a privacidade. Aqueles que desejam um quarto individual podem viver em uma república ou dividir o aluguel de um apartamento com amigos. Existe também a opção de morar em uma casade família, o que é ideal para quem quer aperfeiçoar a língua do país.

Vida na Austrália

Como funciona um intercâmbio: dicas especiais para quem deseja viver na Austrália

A Austrália é um país com clima excelente e qualidade de vida impecável. A primeira dica para quem deseja viver na “terra dos cangurus” é se planejar com antecedência, já que os gastos iniciais para a mudança de país são bem altos. Além disso, para obter o visto de estudante, é necessário comprovar 1500 dólares por cada mês de curso em sua conta bancária, ou ter algum sponsor (patrocinador), como um membro da família. Outra dica é pesquisar o perfil da cada cidade. A Austrália é um país grande e cada região tem suas particularidades. Sydney é a metrópole onde tudo acontece, Melbourne é mais tranquila e oferece excelente qualidade de vida (está entre as melhores do mundo). Perth, por sua vez, está em rota de crescimento mas tem um clima de interior, com lindas praias.

Como funciona um intercâmbio na prática e quais suas vantagens?

Um intercâmbio é uma oportunidade única e inesquecível. Imagine-se conhecendo pessoas de todas as partes do planeta, ampliando sua visão de mundo e, ao mesmo tempo, aperfeiçoando-se em um novo idioma e aprimorando o currículo. Para aqueles que nunca viveram sozinhos, será uma chance de desenvolver maior independência e autoconfiança, já que você será o único responsável pelas suas tarefas domésticas e organização dos estudos. Além disso, você certamente viverá momentos inusitados que vão render muitas histórias.

Visto e passagem aérea

Ficou animado com todas essas possibilidades? Fale conosco através do “Rota responde – e tire suas dúvidas sobre a Austrália” de maneira prática, rápida e personalizada.  Você pode também entrar em contato conosco enviando perguntas, ou preenchendo o formulário de contato ou pedindo um orçamento de intercâmbio. As oportunidades na Austrália não faltam e esperam por você!